terça-feira, 12 de maio de 2015

Descaminhos



A parte sua que ficou
Trouxe minha poesia de volta
Estranho efeito colateral
Sua saliva deixou em mim...

A arte estava sufocada
Agora respira novamente
Renascida de seus abraços
Mas ainda tem a minha cara

Obrigado pelo pedaço,
Pela arte, pelos beijos...
Obrigado, eu que agradeço

Entrar em você
Me fez voltar a mim
Pode deixar, manterei meus olhos em bons lugares
para refletir bons sorrisos.